domingo, 14 de março de 2010

Pavê rápido de pêssego

Hoje resolvi fazer um cozido,comida que requer tempo de preparação, por isso comecei a preparar ontem,separar as carnes e cortar os legumes.
Hoje como estava tudo bem adiantado me arrisquei a fazer uma sobremesa, coisa que raramente faço quando sou eu a cozinhar no almoço, porque nunca sobra tempo.
Como queria um doce rápido resolvi criar esse pavê, muito prático.

Pavê de Pêssego

1 lata de compota de pêssego (pode usar de outra fruta da preferência)
200g de biscoito de maizena ou Maria
300 g de creme de leite espesso (natas)
1 pacote de gelatina de pêssego (ou outro da preferência)

Molhe os biscoitos na calda da compota e forre o fundo de um pirex. Misture a gelatina com 200 ml de água fervente e misture com o creme, bata com o batedor de arame.
Cubra os biscoitos com o creme misturado com a gelatina. Cubra com pêssegos em pedaços.
Vá alternando camadas de biscoito, creme e pêssegos. termine com o creme e enfeite com fatias maiores de pêssego.
Leve para gelar por meia hora (no mínimo) e sirva.
A foto é de parte do doce,porque logo foi consumido.


8 comentários:

Sylvio de Alencar. disse...

Brigado, Ana Pula.
Fácil, e rapidinha de fazer; com a vantagem de não ficar com aquela doçura inconsequente que todo mundo adora!

Abrçs queridas, e, mais uma vez; parabenizo-as todas!!!!!!!!

continuando assim... disse...

e a historia de Alice, lá continua....
no
... continuando assim...

mais logo, um novo capítulo

um obrigada a quem segue (porque só vale a pena assim).

Um especial convite, para quem ainda não mergulhou naquela história.
...é só uma história, apenas isso.

obrigada
e até logo
Bj
teresa

Chica disse...

Vou fazer.Essa é das boas!beijos,chica

Chica disse...

Vou fazer.Essa é das boas!beijos,chica

Ana Paula Motta disse...

Obrigada pelas visitas. Espero que tenham gostado da sugestão.

Naty e Carlos disse...

Quando a tristeza vier ao seu encontro, deixe sair dos olhos uma lágrima, da boca um sorriso e do coração uma prece, pois não são covardes os que choram por amor, mas sim aqueles que não amam com medo de chorar..."
Bom fim de semana
bjs
Que delicia

Tempestade disse...

Muito bom!
Aqui no Brasil se faz esses doces assim!
Ótimo!
Beijos Tempestuosos!

O Profeta disse...

Na bolina enganei o Vento
Seguro firme este leme que não largarei mais
Tatuei meus sonhos na brandura das velas
Fiz juras de amor junto aos brandais

Conferi o rumo com um golfinho zombeteiro
Uma baleia branca sorriu em brancura
Um bando de voadores peixes cruzou comigo
Um peixe-anjo subiu na vaga e sorriu com ternura

Boa semana


Doce beijo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...