terça-feira, 19 de novembro de 2013

Molho praliné de amendoim


Criei essa delícia a partir de uma receita parecida do programa Cozinha Caseira da Annabel.

Molho praliné de amendoim:
3/4 de xícara de açúcar
 1/4 de xícara de água
 1 caixinha de creme de leite UHT ( em lata não serve) ou 200 ml de creme fresco
 50 g de amendoim torrado, sem pele e levemente salgado
Derreta o açúcar até virar caramelo. Junte a água até diluir o caramelo, ferva um minuto. Junte o creme e desligue o fogo. Quebre o ameindoim em pedacinhos (não deixe virar pó). Misture ao molho. Sirva morno ou gelado sobre sorvete, bolo, pavê...





quarta-feira, 23 de outubro de 2013

A primavera chegou de fato: Frango primavera

Esse frango simpático e colorido aí da foto foi inventado por Vera que a cozinheira -das boas- aqui de casa.
Combina com dias quentes, é leve, fácil e bem barato.

Frango Primavera

1k de peito de frango em cubos
limão q.b.
sal q.b.
uma cebola ralada
azeitonas pretas a gosto
quatro tomates maduros picados (sem sementes)
salsa e cebolinha a gosto
ervilha fresca (opcional)
pimentão vermelho (opcional)
azeite

Tempere o frango com limão.Grelhe o frango até ficar dourado.Junte a cebola, o sal. Tire do fogo e espere esfriar. Junte o tomate picadinho, o pimentão, a azeitona, a salsa e a cebolinha e por fim a ervilha.Misture delicadamente e regue com o azeite. Sirva com puré de batata e/ou arroz branco.


         

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Ela está pra chegar...



Saudando a primavera que chega no próximo domingo às 17h e 44min uma receita que copiei do site do jornal Zero Hora:
RAVIOLI PRIMAVERA
Porções: 4
2 xícaras de farinha de trigo
2 ovos
1/2 colher (chá) de azeite de oliva
Recheio1 molho de aspargos
1 dente de alho picado finamente
5 colheres (sopa) de pecorino ralado ou parmesão
8 colheres (sopa) de ricota creme
80g de nozes torradas e picadas
Molho3 dentes de alho amassados
4 colheres (sopa) de cebola picada
1 xícara de espu mante demi-sec
200ml de creme de leite fresco
3 colheres (sopa) de queijo pecorino ralado
sal marinho
pimenta-do-reino
Decoraçãoflores comestíveis
brotos variados

Modo de fazer:1. Para a massa, misture os ovos e o azeite de oliva.
2. Em uma bacia grande, coloque a farinha, abra um “poço” no centro e acrescente a mistura dos ovos.
3. Com o auxílio de um garfo, vá incorporando a farinha, ao poucos, até formar uma massa espessa.
4. Com o auxílio das mãos, incorpore o restante da farinha e sove a massa até que fique elástica, homogênea e levemente grudenta.
5. Leve à geladeira por 30min.
6. Para o recheio, remova a parte fibrosa dos aspargos, cortando uns 4cm a partir da base, que será descartada.
7. Cozinhe os aspargos em água fervente com sal até que fiquem al dente.
8. Escorra e coloque imediatamente em água gelada.
9. Escorra e leve ao processador com o alho, o pecorino e a ricota até ficar bem cremoso. Tempere.
10.Acrescente as nozes e misture com uma colher. Reserve.
11.Abra a massa, corte os raviólis, recheie e feche.
12. Cozinhe em água fervente e salgada por cerca de 5min.
13. Para o molho, leve ao fogo uma panela com o espumante, o alho e a cebola e deixe reduzir bem.
14.Acrescente o creme de leite e deixe levantar fervura, desligue e coe.
15.Volte ao fogo e acrescente o pecorino. Reserve.
16. Regue os raviólis com o molho.
17. Decore com as folhas e os brotos.

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Bolo com recheio de goiabada


Usando uma receita básica de bolo é possível variar e criar sabores diferentes. Usei uma boa goiabada cascão e o resultado foi um bolo delicioso e com um recheio cremoso.

 Bolo de goiabada 

3 xícaras mal cheias de trigo
1 xícara bem cheia de açúcar
4 ovos
2 colheres bem cheias de manteiga
1 xícara de leite (pingue limão para talhar)
1 colher de sopa de fermento
1 pitada de sal
goiabada a gosto cortada em tiras.
Bata os ovos com o açúcar e a manteiga até criar bolhas. Junte o trigo e o sal, e bata bem  junte o leite,volte a bater e por último misture o fermento.
Unte e enfarinhe um tabuleiro médio, ponha metade da massa, espalhe as tiras de goiabada e cubra com a massa restante.

Leve ao forno pré-aquecido e asse por 35 minutos, não abra o forno antes de meia hora. Se ao enfiar um palito este sair seco está assado,se estiver dourado retire do forno.

Espere esfriar e corte em quadrados.







                 

terça-feira, 4 de junho de 2013

Laurinha Linda na Cozinha

Era então uma das muitas vezes que uma menina de grandes olhos azuis correu até à horta, voltando a abanicar pela rama, uma mão cheia de cenouras. "Mãeee," perguntou ao chegar, erguendo o braço e espalhando a terra pelo chão da cozinha, "só lá tinha estas cenourinhas, será que chegam?"  
Laurinha queria fazer um bolo para a bisavó do cabelinho branco, uma receita que tinham visto imagens na net e tinha a ideia de fazer umas lindas flores de amêndoa por cima do bolo. A Mãe declarou que seria apenas a ajudante de cozinha nesta grande empreitada e a Laurinha assentiu com um sorriso malandro.  



Tarte de Cenoura e Amêndoa 

Ingredientes: 

• 300g de cenouras tenras
• 300g de miolo de amêndoa
• 4 ovos separados
• 175g de açúcar
• 80g de farinha com fermento
• sal fino
• manteiga e farinha para a forma
• açúcar em pó
• amêndoa para o final


Preparação:
Raspe, lave e rale as cenouras. Escalde a amêndoa, pele e enxugue bem no forno. Pique finamente.
Bata as gemas com o açúcar e quando espumarem junte a cenoura ralada, a farinha e a amêndoa picada. Bata as claras em castelo com uma pitada de sal fino e, misturando, incorpore-as ao composto anterior. Deite a massa numa forma de tarte com fundo amovível, previamente barrada com manteiga e polvilhada com farinha. Leve ao forno pré-aquecido a 180°C, durante cerca de uma hora. Deixe amornar antes de desenformar. Polvilhe com açúcar em pó e amêndoa filetada.
Nota: Corte a amêndoa em lâminas para a decoração e toste-a ligeiramente no forno, em tabuleiro próprio. 

Fonte: Ler tudo aqui 
               

sábado, 20 de abril de 2013

Temperatura amena combina com bolo e café.Concordam?


Bolo ensopadão de limão

MODO DE FAZER:

Massa:

1 copo de iogurte natural integral (180 ml)
Raspas da casca de 2 limões grandes

3 ovos inteiros

2 copos rasos (o do iogurte como medida) de açúcar

1/2 copo do iogurte de óleo de milho ou canola

3 copos do iogurte de farinha de trigo

1 pitada de sal

1 colher (sopa) fermento em pó



Modo de fazer o bolo:

Ligue o forno no médio, unte e enfarinhe uma forma com furo no meio e faça as raspas dos 2 limões. Reserve.
Bata todos os ingredientes, menos a farinha de trigo e o fermento no liquidificador ou na batedeira. Atenção: só bata no liquidificador se o seu tiver motor forte. A massa fica bem densa.
Desligue o aparelho que estiver usando e acrescente a farinha de trigo, a pitada de sal, o fermento e bata ligeiramente com a colher de pau, só para misturar. Despeje na forma de bolo untada e enfarinhada, leve para assar em forno pré-aquecido, até que ao enfiar um palito, ele saia seco. O perfume do bolo é uma boa pista, este bolo perfuma andares.
CALDA:
Enquanto o bolo assa, prepare uma caldinha rala de açúcar: dissolva 3/4 xícara de açúcar cristal em 1 xícara d'água. Leve ao fogo baixo e deixe ferver até ficar amarelo claro e de consistência viscosa. Espere a calda esfriar e acrescente o suco dos 2 limões usados para ralar a casca.
Retire o bolo do forno, desenforme e deixe esfriar bem. Lave a forma e coloque o bolo dentro novamente, isso evita melequeira de calda na cozinha. Fure o bolo e espalhe toda a calda. Quando o bolo tiver absorvido a calda, desenforme novamente e sirva. Para preservara umidade é melhor manter esse bolo sempre coberto – se é que vai sobrar bolo para guardar.


sábado, 30 de março de 2013

Páscoa e bacalhau:combinação perfeita...

...e um bom vinho,é claro!

Bacalhau fresco com molho de maçã e gengibre
(do :receitas/ig)
Ingredientes:
Para o molho 1 colher (sopa) de manteiga
1/2 xícara (chá) de vinho branco
1 xícara (chá) de maçã fuji ou gala, cortada em lâminas (150g)
1 xícara (chá) de maçã verde
1/3 xícara (chá) de gengibre ralado
1 colher (sopa) de vinagre de maçã
1 pitada de sementes de erva-doce
Para o bacalhau:
900 g de bacalhau fresco e limpo, cortado em filés
Farinha de trigo quanto baste
Para o pilaf de painço com açafrão:
60 g de nozes picadas
2 xícaras (chá) de água fervente
1 colher (chá) de garam masala
1 xícara (chá) de painço (cereal de origem chinesa)
1 colher (chá) de açafrão da terra 1 cebola roxa
Casca de 1 laranja
Para as endívias grelhadas:
4 endívias cortadas ao meio
100 g de uva passa branca
4 dentes de alho
Azeite e flor de sal a gosto
Modo de Preparo:
Para o molho :
 Coloque a manteiga na panela e, quando estiver derretida, acrescente o gengibre. Espere soltar o aroma e cozinhe levemente. Coloque as maçãs e vá mexendo. Coloque o vinho branco e deixe ferver até ficar com consistência de molho. Acrescente as sementes de erva doce, o vinagre e acerte o sal. Reserve.
Para o bacalhau:
Passe o bacalhau levemente na farinha e grelhe em uma panela teflon dos dois lados. Sirva com o molho.
Para o pilaf de painço com açafrão:
 Doure a cebola, coloque o painço e refogue rapidamente.
Coloque o garam masala, a casca de laranja e a água fervente.
Cozinhe por 40 minutos e deixe tapado por mais 15 minutos.
 Depois de pronta, misture as nozes picadas.
  Para as endívias grelhadas:
 Grelhe as endívias em uma panela grossa no azeite dos dois lados.
Quando estiver quase no ponto, coloque o alho, a flor de sal e as passas levemente fervidas.
Obs.: da blogueira:Achou difícil encontrar todos esses ingredientes? Faça como eu, IMPROVISE! Mas o importante é reunir a família em volta da mesa a saudar a BOA NOVA: A Páscoa!


sábado, 9 de março de 2013

Lembranças e doçuras


Com o calor reinante dá pra visualizar os dias vividos na temporada de veraneio, em que passávamos(eu,mamãe,tias e irmãs) as tardes papeando na varanda da casa da irmã mais velha.
Lá pelo quintal,o pé de acerolas carregadinho...
Agora aqui distante,uma receita vem aguçar o desejo de poder colher as frutas e de lambuzar de lembranças e doçuras.
Receita de Sorvete de acerola
Ingredientes:
•1 xícara (chá) de leite fervente.
•1 xícara (chá) de açúcar.
  •1 xícara (chá) de margarina ou manteiga.
  •polpa de acerola.
Modo de preparo:
•Coloque na batedeira o leite,margarina e bata até ficar homogêneo.
•Junte o açúcar, a polpa de acerola e bata por mais 5 minutos ou até formar uma mistura cremosa.
•Cubra a tigela da batedeira com filme plástico e leve ao freezer até endurecer (cerca de 6 horas).
•Retire do congelador e bata na batedeira por cerca de 5 minutos ou até obter um creme.
•Coloque em pote ou refratário, tampe e volte ao freezer por, no mínimo, 6 horas.
Dica:
  •Para congelar mais rapidamente, coloque o sorvete em uma fôrma de alumínio ou assadeira.
  •Bata bem os ingredientes antes de colocar a polpa de acerola.
  •Dessa forma se obterá a consistência necessária.
Fonte: www.comidaereceitas.com.br


quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Sobrou arroz?



Oi! Essa é a minha primeira postagem, no blog!

E, para começar, quero agradecer às Anas pelo convite! Adorei!

Eu não tenho o hábito de cozinhar todos os dias, pois ainda vivo com minha mãe... porém, sempre que possível, eu A-D-O-R-O cozinhar para o noivo, para a família ou para os amigos!

Hoje, trago uma receita super fácil e rápida de se preparar. :-D

Preciso confessar que sou SUPER enjoada para comer. Apesar de comer quase tudo, há certas coisas que não como se forem preparadas de alguma maneira específica... ou frias... bem! Sou enjoada e ponto!

Uma das coisas que eu não gosto de comer é arroz requentado! hehehehehe

Gosto é do arroz fresquinho, acabado de sair do fogo!

Porém, há alguns anos, eu trabalhava e fazia faculdade e não havia tempo, no intervalo entre um e outro, para ir pra casa... uma super amiga minha, a Fer, me convidou para passar a jantar na casa dela e a Tia Iza (mãe da Fer), praticamente, me adotou! hahahaha

Ela fazia muita coisa boa! E, foi lá que aprendi que o arroz requentado pode ser muito bom... se preparado com alguns ingredientes.

A receita de hoje é uma forma fácil de aproveitar o arroz que sobrou de uma forma muito saborosa!

É arroz com calabresa e milho. ;-)


A receita não tem segredo:

Ingredientes:
- Linguiça calabresa defumada picada em cruz;
- Milho verde em conserva;
- Óleo;
- Pimenta a gosto;
- Cebola picada a gosto;
- Cheiro verde a gosto; e
- Arroz já cozido e frio.

Modo de preparo:
Coloque um fio de óleo na panela já aquecida. Em seguida, despeje toda a calabresa picada. Vá mexendo, enquanto a calabresa frita. Espere ela fritar até que o fundo da panela fique bem marronzinho. Escorra a gordura que se formou. Acrescente a cebola picada, o cheiro verde, a pimenta a gosto (eu gosto de uma pitada de pimenta do reino moída) e o milho verde em conserva. Deixe fritar mais 2 minutos e coloque o arroz. Mexa bem, se preciso, coloque um pouco (pouco mesmo, menos de 1 dedinho do copo) de água para que o arroz pegue a corzinha do fundo da panela.
Após 5-6 minutos desligue o fogo e sirva!

Eu, como uma boa enjoada, garanto... é uma delícia!

Espero que tenham gostado!

Um super beijo e nos vemos em breve!


sábado, 9 de fevereiro de 2013

Um engov antes,um engov depois...

O que não falta neste periodo (olha o Carnaval aí,gente!) alguém que tenha uma receita infalível para curar ressaca(a do título da postagem é uma!)
Pesquisando ,achei algumas bem bizarras:
-comer ovo cru
 -Alguns nativos americanos faziam exercícios, suavam e lambiam o próprio suor para curar ressaca.
- Algumas pessoas acreditam que esfregar fatias de limão nas axilas ajudam na hora da ressaca.
-Dizem que café também não é muito legal durante a ressaca
- Algumas pessoas acreditam que beber bastante água antes de dormir ajuda na hora de acordar com a ressaca.
-Na Roma antiga, o naturalista Plínio acreditava que canários fritos curavam a ressaca. Além de ser bizarro fritar os pobres passarinhos, será que ele parou para pensar que frituras e ressaca não combinam?
-Existe um prato na Alemanha chamado Katerfrühstüc, que significa "café da manhã da ressaca". Uma das receitas mais tradicionais leva pepino, cebola e um tipo de peixe cru.
Mas achei esta receita ,que creio ser ideal:
Caldo cura ressaca:
Ingredientes:
4 batatas médias; 1 cubo de caldo de carne ou galinha; 4 tomates; 2 cebolas; 4 dentes de alho; 1 pitada de açúcar; 1 pacote de couve mineira (já cortada, comprada na feira); sal a gosto.
Preparo:
Bata no liquidificador o tomate, a cebola e o alho, com um copo de água e o açúcar.
 Coloque um pouco de óleo em uma panela e cozinhe os temperos até ferver.
Reserve.
 Cozinhe as batatas com o cubo de caldo, misture a couve na água de cozimento, fervendo até engrossar.
Quando o creme de batatas estiver consistente, adicione o molho de tomates, e ferva por alguns minutos.
Se necessário, acerte o sal.
Se quiser deixar mais amargo o caldo, para curar a ressaca, coloque a couve, fervendo-a diretamente com os ingredientes.
Se preferir menos amarga, escalde e coe a couve, antes de misturar ao caldo.


terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Aninha, o feijão e a saladinha

Eis que recebo a visita da amiga e "blogueira chefe" ( ou chef?) Ana Paula (com a linda sobrinha Isadora) aqui do nosso "Sabor e Histórias" em "minha humilde residência" (rs), na praia do Farol de São Tomé... 
Depois de colocarmos o papo em dia ...hora da comidinha. 
Como em casa sempre faço "feijão com arroz" para a neta Valentina, este se tornou o prato principal. O "feijão da vovó" foi do agrado não só da garotada, como da amiga Ana Paula (que me pediu a receita (vejam só!) que se segue:


Coloco o feijão preto de molho de véspera.
Dia seguinte troco a água, tempero com sal e folhinhas de louro. 
Cozinho por uma hora em quantidade de água razoável.
Estando pronto, douro em outra panela, alguns dentes de alho no óleo.
Refogo o feijão e ao abrir fervura, abaixo o fogo e amasso rapidamente os grãos com o socador de alho.
Mexo para se tornar uma cauda meio grossa. E...pronto! Simples assim... 

Ah! Improvisei uma salada de atum com macarrão para os adultos: Não é que Aninha gostou e aprovou.Só uma amizade tão verdadeira e simples para elogiar e pedir o quê? a Receita!!!! Dei o nome de: "Neste almoço se improvisa". 


Aqui está: Macarrão do tipo parafuso, ervilha, milho, tomates picadinhos, 1 dente de alho amassado, manjericão, azeitonas pretas sem caroço, suco de 1/2 limão, azeite de oliva, requeijão (se preferir, maionese) sal e pimenta a gosto e, é claro! 1 lata de atum. 
Como preparo? Cozinho o macarrão conforme as instruções da embalagem deixando al dente. Estando cozido, misturo os ingredientes... 
De tudo o que valeu foi a saborosa visita com gosto de "quero mais!"


terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Receita para um bem viver

Conversinhas 

Walnize Carvalho 

No teatro da Vida procure ocupar papéis alternados. Ora “palco”, ora “platéia” e outras vezes “bastidores”. 
Revezando funções dá para se ver o “espetáculo” de vários ângulos e matizes.
Aprenda com o “eclipse”. Um astro deixa de ser visível no todo ou em parte mas nem por isso – sol e lua – deixam de dar um “show” no céu.
• Fale... Olhe. E principalmente escute. Estamos tão carentes de ouvintes!..
• Ouça o papo de um idoso por mais repetitiva que possa ser a sua história.
• Se permita chorar em público, a se olhar no espelhinho dos carros estacionados nas ruas, a perguntar como a máquina do banco funciona, a cantarolar empurrando carrinho no supermercado sem se preocupar de estar pagando “mico”.
• Saiba distinguir até que ponto você é “bom” ou é apenas “útil” para alguém.
• Cuide para que o seu corpo, não tenha ossos enfraquecidos como seu espírito não sofre de “osteoporose”. 
• Aprenda a se fazer companhia. Solidão nem sempre é isolamento.
• Procure ter pares no seu dia-a-dia. Ter par não é só ter “par romântico”. 
Podemos ter parceria em ideias, gostos, prazeres independente de idade e sexo.
• Tenha como meta a palavra “entusiasmo”. 
Ele é que nos faz caminhar, em qualquer idade, em qualquer ocasião ou oportunidade. 
Ânimo sempre! Quer seja para comprar aquele vestido tão sonhado na vitrina ou aquele batom no camelô da esquina. 
• Organize sua agenda pessoal, mas não se esqueça de colocar nela compromissos literários e também culinários :prepare uma comidinha para amigos ou até para você mesmo.
• Esqueça as marcas do tempo em sua face. Não queira enrugar a alma.
• Suavize seus atos rotineiros. Não os faça como se cumprisse tarefas. 
• E ao acordar descortine o dia como se ouvisse o chamamento:
“Hoje tem espetáculo”! e responda: - “Tem, sim senhor”. Verifique qual o papel a você determinado. Abrace-o com garra. E “sucesso”! ”. 
Uma dica de comida para uma só pessoa


Batata Assada

Use requeijão, cebolinhas e bacon como recheio. Rápido e gostoso!...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...