sábado, 26 de fevereiro de 2011

Bolo de canjiquinha


Tinha guardada uma *canjiquinha e precisava usar porque estraga fácil. Como o grão é duro não podia fazer um bolo de maneira convencional e resolvi testar uma receita com o grão semi-cozido.
Fiz assim: Cozi 1 copo de canjiquinha com dois copos de água e um pouco de sal e açúcar, assim que levantou bolhas desliguei i fogo.
Bati 3 ovos com 2/3 de copo de óleo, 2 xícaras mal cheias de açúcar e juntei a canjiquinha. Juntei 2/3 de copo de farinha de trigo, o1 colher de sopa de fermento e mais uma pitada de sal. Juntei cravinhos e erva-doce, queijo parmesão ralado (2 colheres) e coco ralado que também tinha sobrando (2 colheres).
Untei e enfarinhei uma forma e levei ao forno a 200° 40 minutos. Fica um bolo cremoso, não espere secar muito porque perde a cremosidade, não fica muito dourado.

*Canjiquinha: Farinha de milho grossa, de grão bem duro e cru.

4 comentários:

walnize carvalho disse...

Aninha,
Muito boa a sua criatividade! Tá com cara de "quero mais!"...
Bjs,
Wal

Luciane Morais disse...

Hum! Parece ser gostoso.
Eu gosto muito de canjica. Mês passado comi bastante. Estava na época do milho verde aqui no Acre.
Meu pai comprava saco de milho. E eu ajudava minha mãe a preparar - pamonha e canjica.

Abraços,
Lu
http://olharacreano.blogspot.com/

Luciane Morais disse...

Hum! Parece ser gostoso.
Eu gosto muito de canjica. Mês passado comi bastante. Estava na época do milho verde aqui no Acre.
Meu pai comprava saco de milho. E eu ajudava minha mãe a preparar - pamonha e canjica.

Abraços,
Lu
http://olharacreano.blogspot.com/

Ana Paula Motta disse...

Ficou boa mesmo, Wal. Cara de bolo de avó e eu não me fiz de rogada, comi e repeti.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...