domingo, 5 de abril de 2009

Simplicidade e pequenas felicidades...


Casamento


Há mulheres que dizem:
Meu marido, se quiser pescar, pesque,
mas que limpe os peixes.
Eu não. A qualquer hora da noite me levanto,
ajudo a escamar, abrir, retalhar e salgar.
É tão bom, só a gente sozinhos na cozinha,
de vez em quando os cotovelos se esbarram,
ele fala coisas como "este foi difícil"
"prateou no ar dando rabanadas"
e faz o gesto com a mão.


O silêncio de quando nos vimos a primeira vez
atravessa a cozinha como um rio profundo.
Por fim, os peixes na travessa,
vamos dormir.
Coisas prateadas espocam:
somos noivo e noiva.

Adélia Prado

Depois de um poema tão "cotidiano", só uma receitinha bem simples. Dessas que se preparar com gosto, com cuidado e sem grandes pretenções a não ser alimentar as pessoas que gostamos. De preferência num jantar tranquilo, numa noite clara e fresca, no meio de uma semana qualquer.

Filé de peixe com molho de camarão

1 kilo do peixe da sua preferência
2 limões
sal a gosto
2 dentes de alho
2 cebolas médias
2 colheres de sopa de coentro (opcional)
500 g de polpa de tomate
500 g de camarões
farinha de trigo para empanar o peixe
óleo para fritar
azeite de oliva
pimenta malagueta ou dedo de moça (opcional0

Lave bem o peixe, tempere com limão, alho e sal. Reserve. Depois de meia hora passe o peixe na farinha de trigo e frite em uma panela funda e não muito grande ( o segredo é que o peixe deve ficar mergulhado totalmente no óleo).
Depois de dourado, escorra em papel absorvente.
O molho de camarão é bem simples. Tempere os camarões com sal e limão.Refoque a cebola no azeite até murchar um pouco e junte os camarões e uma pitada de sal. Deixe fritar por uns 3 minutos e junte o molho de tomate, a pimenta, o coentro. deixe ferver por cinco minutos e corrija o sal.
Sirva o peixe acompanhado do molho de camarão com puré de batatas ou arroz branco.

3 comentários:

Eduardo P.L disse...

Natália,

obrigado por SEGUIR o DROPS!
Volte sempre.
Seu blog é DELICIOSO!

Xacal disse...

Ana,

que belo prato...cores tão vivas, que através delas quase dá para sentir cheiros e sabores...

um legítimo:"comer com os olhos"...

uma delícia...

como tudo por aqui, inclusive nossa amizade...

um abraço...

Ana Paula Motta disse...

Valeu, amigo Xacal, amizade de mais de vinte anos não é para qualquer um.
Um abração

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...