quarta-feira, 17 de agosto de 2011

RESTODONTE


O nome escrito de uma só vez(Restodonte)é traduzido por sobras de comida.
Eu costumo chamar este aproveitamento de "pontas de estoque".E nelas, incluo os pratos:"Arroz metido à besta"(arroz com ervilha,cenoura,frango desfiado,passas...),"Ensopado tranformista"(de dia, ensopado;à noite,com mais caldo,sopa)e outros que conheço e não fui eu quem os nominou: "Perigoso na racha" (Fígado acebolado no meio do pão), "Roupa velha" (Charque ou sobras de carne assada frita com farinha de mandioca)...
Nosso Brasilzão esconde em sua imensidão, intermináveis pérolas gastronômicas. Pura munição à curiosidade e à diversão. Talvez se dependesse do nome, convenhamos que alguns bem mais meigos que os demais, certas iguarias ficariam restritas apenas ao olhado.
Se eu ,por exemplo, disser que sou louca por "Cueca virada" (Massa frita, com sabor semelhante ao bolinho de chuva), que sou fã de "Baba-de-moça"(doce feito com gemas, leite de côco e calda de açúcar), que sou amiga de uma "nega maluca"(uma variante de bolo de chocolate)algumas pessoas iriam ficar boiando, não é não? E mandar ver numa vaca atolada(cozido feito à base de mandioca e costela de vaca).
Numm dia chuvoso, então? Não é tudo de bom?

Mas o melhor de tudo mesmo é se deliciar com as riquezas das culinárias regionais e abrir a mente para se permitir conhecer e aceitar o diferente.

Agora ,a receita da vez do Restodonte:

Ingredientes:
Sobras de comida (arroz, macarrão, carne (se cozida desfie-a, se frita corte em tirinhas), batata cozida ou assada, Etc (tudo que possa ir ao forno), menos feijão
Meia lata de molho de tomate
04 ovos
01 copo de leite
03 colheres de farinha de trigo com fermento
200 Gramas de mussarela
Orégano e sal a gosto

Modo de preparo:
Em uma panela junte todos os ingredientes, acrescente a meia lata de molho de tomate e faça um mexidão (não leve ao fogo)
Faça um creme no liquidificador com os ovos, o copo de leite, as colheres de farinha de trigo com fermento, a mussarela em cubinhos, orégano e sal a gosto.
Em um refratário untado com manteiga, acomode o mexidão com uma colher e jogue o creme por cima e leve ao forno (cento e oitenta graus) até ficar bem dourado por cima.

2 comentários:

Malu disse...

Adoro estas receitas que aproveitam aquilo que muitos dão aos lixos...
Gostei muito destas páginas.
Abraços

Ana Paula Motta disse...

Obrigada pela visita,Malu. Volte sempre... Abraços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...